Opinião da Direx: não se pode ignorar a legislação!

Afisa-PR

Opinião da Direx: não se pode ignorar a legislação!

A grande ilusão coletiva do "projeto" salvador (e "unificador") da CFDA/QPA/Lei 17.187/2012: não se confunde desejo com realidade!

 

Direx 18

 

O art. 3º, IV, da Lei Complementar 230/20201 afirma:

 

Art. 3º A lei de diretrizes orçamentárias, sem prejuízo do contido na Lei Complementar Federal nº 101, de 2000, compreenderá as metas e prioridades da administração pública estadual, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro subsequente, orientará a elaboração da lei orçamentária anual, disporá sobre as alterações na legislação tributária, estabelecerá a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento e versará também sobre:

A grande ilusão coletiva!

Afisa-PR

A grande ilusão coletiva!

A defesa agropecuária pública em si não significa "consequente" valorização e justiça salarial

 

 

É uma grande ilusão acreditar que a defesa agropecuária pública em si, não obstante ser verdade que beneficia interesses político-partidários e mercadológicos, respectivamente, de governos e do agro$ (os primeiros impõem suas "validades absolutas" sem se importarem com as nocivas implicações práticas sobre os trabalhadores públicos, buscando um "equilíbrio 'operacionalmente administrável'" para "garantir" os negócios do último), possa significar plena valorização e justiça salarial.    

A valorização e a justiça salarial são saltos qualitativos que não acontecem por por "bondade alheia", "gravidade" ou "osmose", mas sim, em ambiente de pleno desenvolvimento da carreira própria (CFDA).  

A dupla "economia" prejudicial

Afisa-PR

A dupla "economia" prejudicial

Uma dupla "economia" que impacta negativamente tanto o subsídio do ativo quanto o provento do aposentado

 

A "política" administrativa do governo neoliberal em turno impõe a negação do reajuste geral anual (data-base). Esta negação implica não somente na redução do valor do subsídio do fiscal agropecuário do estado, visto que impacta também o direito à paridade que sobreviveu à draconiana "reforma" previdenciária (aprovada em uma única tarde por 43 parlamentares governistas no legislativo) que derivou na Emenda Constitucional 45 de 4 de dezembro de 2019.

 

 

Por que não foi feito quando podia ser feito? 

Afisa-PR

Por que não foi feito quando podia ser feito? 

A categoria acabou perdendo o bonde!  

 

Afisa PR 18

 

Aos "esquecidos":

Suscitamos novamente duas importantíssimas reivindicações corretivas que no passado foram sumariamente negadas: (Que à época tivessem sido acolhidas seguramente hoje a categoria não estaria em situação tão adversa de desvalorização profissional com injustiça remuneratória.):

 

A primeira negativa!

A falta da data-base: a realidade se impõe

Afisa-PR

A falta da data-base: a realidade se impõe

A LDO 2022- PLDO 162/2021, ao não prever a data-base em maio de 2022, antecipa mais um calote salarial


Há muito alertamos (na fracassada tentativa de despertar os enganados, desinformados e iludidos) que o maior de todos os nossos problemas do fiscal agropecuário do Paraná (pois é inútil "ter a melhor das carreiras" se não há reposição anual de subsídio!): a negação sistemática — com o auxílio do Judiciário - RE 565089 — pelo (des)governo neoliberal do pagamento do constitucional reajuste geral anual1,2 (ou data-base).