Afisa-PR

Por quanto tempo resistirá...

... a área livre de febre aftosa sem vacinação?

 

 

Segundo uma notícia1 do O Paraná:

 

A entrada de animais de países vizinhos é muito comum em fronteira seca. No Paraná, o único país com fronteira seca é a Argentina, já que, com o Paraguai, há barreira natural (rios) que impede esse ingresso. Na região sudoeste do Estado, onde está essa fronteira, a entrada clandestina de bovinos da Argentina para o território paranaense tem causado preocupação das autoridades e por várias razões. Uma delas é que a Argentina ainda depende da vacinação contra a febre aftosa, o que pode pôr em risco o status sanitário do Paraná, reconhecido internacionalmente como área livre da doença sem vacinação. Mas, além disso, a entrada de animais de origem desconhecida pode trazer outras doenças tão ou mais severas e comprometer todo o rebanho estadual. 

 

Esta associação de classe pergunta: sem adequada infraestrutura em fiscalização agropecuária pública e sem plena valorização com justiça salarial no âmbito da CFDA/QPA (Lei 17.187/2012), por quanto tempo resistirá a condição sanitária da área livre de febre aftosa sem vacinação?

Faça sua aposta: (  ) curto prazo; (  ) médio prazo; (  ) longo prazo.

 

 

_________

1 21-8-2021 - O Paraná & Paraná intensifica combate ao contrabando de bovinos