Afisa-PR

Por quanto tempo resistirá...

... a área livre de febre aftosa sem vacinação?

 

 

Segundo uma notícia1 do O Paraná:

 

A entrada de animais de países vizinhos é muito comum em fronteira seca. No Paraná, o único país com fronteira seca é a Argentina, já que, com o Paraguai, há barreira natural (rios) que impede esse ingresso. Na região sudoeste do Estado, onde está essa fronteira, a entrada clandestina de bovinos da Argentina para o território paranaense tem causado preocupação das autoridades e por várias razões. Uma delas é que a Argentina ainda depende da vacinação contra a febre aftosa, o que pode pôr em risco o status sanitário do Paraná, reconhecido internacionalmente como área livre da doença sem vacinação. Mas, além disso, a entrada de animais de origem desconhecida pode trazer outras doenças tão ou mais severas e comprometer todo o rebanho estadual. 

 

Esta associação de classe pergunta: sem adequada infraestrutura em fiscalização agropecuária pública e sem plena valorização com justiça salarial no âmbito da CFDA/QPA (Lei 17.187/2012), por quanto tempo resistirá a condição sanitária da área livre de febre aftosa sem vacinação?

Faça sua aposta: (  ) curto prazo; (  ) médio prazo; (  ) longo prazo.

  

Vitória pírrica no horizonte?

Muito interessante: "Região de fronteira é ponto de alerta na vigilância sanitária do Paraná". Ora, porque esse preocupante "ponto de alerta", verdadeiro calcanhar de aquiles, não foi "suprimido da equação" antes da conquista da condição sanitária?

No mais, é bom que todas as personalidades envolvidas comecem a se preocupar seriamente com essa situação e a torcer, a torcer muito...

Enquanto isso, a carreira própria do fiscal agropecuário estatutário "menos igual" do Paraná é preterida (embora certos espertalhões disseminem a "ideia" de que "preterida" é a defesa) e sua estagnação (desde 2012) aprofunda a desvalorização com injustiça salarial. (Situação inaceitável que, claro, dificulta sobremaneira a solução do "ponto de alerta" em questão).

 

 

_________

1 21-8-2021 - O Paraná & Paraná intensifica combate ao contrabando de bovinos

 

Modificado em 18-9-2021 em 09:37