Afisa-PR

PSA poderá matar aproximadamente 25% do rebanho mundial de suínos

Com base nos recentes alertas da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) sobre a gravidade da situação da peste suína africana (PSA), um novo panorama sugere que esta doença poderá matar aproximadamente 25% do rebanho mundial de suínos

 

ASF South Korea

Crédito imagem: Bloomberg & Fotógrafo: Jung Yeon-Je/AFP via Getty Images

 

Nos últimos meses, o impacto da peste suína africana (PSA) foi devastador para o rebanho mundial de suínos e os especialistas do setor preveem que nos próximos meses essa situação se agravará ainda mais.

A notícia Experts predict swine fever could wipe out quarter of global pig herd (por Editor do The Pig Site1) do The Pig Site de 1º de novembro de 2019, afirma que os "surtos contínuos da PSA na Ásia, incluindo grandes nações produtoras de carne suína, como China, Filipinas e Vietnã, resultaram em milhões de suínos mortos" e a previsão é de que “os números reais sejam muito maiores do que os publicados pelos [respectivos] governos".

Novos surtos da PSA continuam a surgir na Europa na Letônia, Eslováquia, Romênia e Hungria, países que nesta semana confirmaram novos casos dessa doença junto à OIE. A Bélgica anunciou que irá incentivar o abate em massa de javalis selvagens, um dos principais vetores da transmissão da doença das regiões afetadas às não afetadas.

 

 

Com o vírus da PSA oficialmente confirmado em 50 países, esta doença ameaça avançar para a Europa Ocidental, em direção a alguns dos países produtores de suínos, incluindo a Dinamarca e a Holanda. Segundo a notícia do The Pig site, a "biossegurança e o controle do trânsito entre fronteiras foram intensificados em países como os EUA, Canadá e Brasil", pois "um caso desonesto poderia colocá-los no mapa dos países infectadas" pela PSA.

 

OIE alerta que a PSA inflama crise mundial

Espera-se que aproximadamente 25% do rebanho mundial de suínos venha a morrer como resultado da epidemia de PSA, de acordo com a OIE.

A notícia Quarter of world's pig population 'to die due to African swine fever (por Bibi van der Zee e agências) do The Guardian de 31 de outubro de 2019, no ano passado "a disseminação da PSA surpreendeu os formuladores de políticas [voltadas ao saneamento da epidemia] e foi particularmente devastadora na China — país do maior rebanho suíno do mundo". A PSA também está estabelecida em outros países asiáticos, como Vietnã e Coréia do Sul, e em decorrência de um surto que começou em 2014, continua a causar prejuízos no Leste Europeu.   

 

 

Segundo a notícia do The Guardian, a "gravidade da crise significa que os preços globais da carne suína estão subindo, impulsionados em grande parte pela demanda da China, onde cerca de 100 milhões de porcos foram perdidos desde que no ano passado surgiram os surtos de PSA". Nos últimos meses, "a China concedeu aprovação de exportação para frigoríficos estrangeiros e assinou acordos em todo o mundo a uma velocidade vertiginosa". As vendas de carne suína "dos EUA para a China dobraram, enquanto os preços europeus de carne suína atingiram um nível alto de seis anos".

Mark Schipp, vice-presidente da OIE, afirmou em uma entrevista coletiva nesta semana, que "a PSA é 'a maior ameaça a qualquer rebanho comercial da nossa geração'". Schipp disse que a "disseminação dessa doença no ano passado para países como a China, que tem metade do rebanho suíno do mundo, havia inflamado uma crise mundial" e que "cientistas médicos veterinários em todo o mundo estão tentando encontrar uma vacina1 para a doença", mas "que isto é um 'desafio complexo' devido à natureza do [seu] vírus". Embora a PSA não seja transmitida ou prejudicial para os seres humanos, "ela é praticamente 100% fatal caso se irrompa entre os rebanhos de suínos".

 

Monique Eloit, diretora-geral da OIE: nenhum país imune ao risco de propagação da PSA

A peste suína africana se espalhará por toda a Ásia, onde devastou rebanhos, e nenhum país está imune a ser atingido pelo vírus mortal que acomete os animais suscetíveis, afirmou na última quarta-feira (30) a diretora-geral da OIE.

A noticia No country immune to risk of African swine fever spreading: OIE (por Sybille de La Hamaide; Edição por Veronica Brown e Mark Potter) da Reuters de 30 de outubro de 2019, afirma que a PSA, "que atingiu a China, a maior produtora mundial de carne suína, teve origem na África antes de se espalhar pela Europa e Ásia", já foi diagnosticada "em 50 países, matando centenas de milhões de suínos e reformulando o comércio global de carne e de ração animal".

 

 

"Realmente enfrentamos uma ameaça global" disse a diretora-geral da OIE, Monique Eloit, em entrevista à Reuters. "O risco existe para todos os países, sejam eles geograficamente próximos ou distantes, porque há uma infinidade de potenciais fontes de contaminação".

"No curto prazo, não estamos buscando uma melhoria. Continuaremos a ter mais surtos nos países infectados. Os países vizinhos estão em alto risco e, para alguns, a questão é quando serão infectados", afirmou Eloit à Reuters, enfatizando que os controles que visam impedir o avanço da PSA "são difíceis de serem tomados".

Segundo a reportagem da Reuters, a disseminação da PSA não apenas devastou os rebanhos asiáticos de suínos, mas também provocou um aumento nos preços internacionais da carne suína e atingiu a comercialização de ingredientes utilizados na fabricação de ração animal, como milho e soja.

A China oficializou em setembro último uma "série de políticas visando apoiar a produção nacional de suínos e garantir o suprimento de carne". Eloit disse que essas medidas são adequadas, mas que "precisam ser totalmente implementadas". "Existe uma diferença entre as medidas que são decididas no papel — não acho que exista nenhuma preocupação com isso — e como chegamos realmente a aplicá-las na prática, especialmente em países muito grandes, com uma grande variedade de produção" disse ela.

"Na Europa, a situação é diferente porque os surtos de PSA dizem respeito principalmente a javalis selvagens", acrescentou Eloit.

A PSA foi encontrada em criações do Leste Europeu , mas sua disseminação foi principalmente contida devido às rígidas medidas de biossegurança adotadas por alguns países.

A notícia Experts predict swine fever could wipe out quarter of global pig herd (por Editor do The Pig Site) do The Pig Site de 1º de novembro de 2019, disse que "os frigoríficos de todo o mundo buscam estabelecer acordos de exportação com a China a fim de aproveitar a diferença de oferta". A empresa americana JBS recentemente anunciou seu compromisso de produzir carne suína sem ractopamina para garantir sua exportação à China, onde a substância que favorece o crescimento dos animais é proibida em toda a cadeia de produção de carne suína.

 

PSA muito próxima da Austrália

O mortal vírus da peste suína africana (PSA), que causa prejuízos econômicos na Ásia, está a 680 km ao norte de Darwin na Austrália, visto que foi descoberto em suínos no Timor-Leste.

Há um mês, conforme a notícia African swine fever: the deadly virus that has landed on Australia's doorstep (por Calla Wahlquistdo The Guardian de 12 outubro de 2019, uma estirpe particularmente virulenta da PSA — que, desde que foi descoberto na China no começo de 2018 causa prejuízos na Ásia e, potencialmente, poderá matar até 25% da população de suínos do mundo — "desembarcou" muito próximo da Austrália em virtude a sua recente descoberta no Timor-Leste.

O surto em Timor-Leste foi detectado em um rebanho de suínos de quintal criados por pequenos agricultores do Bispado de Díli. No último 27 de setembro, um relatório apresentado à Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) informa que 405 morreram em um potencial populacional de 44.000 animais.  Segundo o The Guardian, a extensão do surto ainda é desconhecida.

 

 

O Timor-Leste é o vizinho mais próximo da Austrália e, até recentemente, os esforços de biossegurança se concentraram nos principais aeroportos2, não na ampla extensão do norte australiano.

O aparato australiano de fiscalização agropecuária e biossegurança redobrou esforços, pois fiscaliza os principais aeroportos e os correios na procura de produtos derivados de suínos que são ilegalmente importados. Embora os métodos da Austrália de fiscalização de fronteiras e de quarentena sejam rigorosos, especialistas da área afirmam que os produtos derivados de suínos que são despachados através dos correios representam um risco.

Produtos derivados de suínos podem ser vetores da disseminação do vírus da PSA; e esse cenário pode acontecer, alertou a vice-diretora do Laboratório Australiano de Saúde Animal (AAHL, sigla em inglês), Debbie Eagles. Este laboratório, parte da Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Commonwealth (CSIRO, sigla em inglês), testou produtos derivados de suínos apreendidos no início deste ano nos aeroportos e nos correios e descobriu que uma "proporção razoável" carregava o vírus da mortal doença, que pode ser transmitido indiretamente através de embalagens ou roupas.  

O vírus pode ser destruído por cozimento ou por cura, mas depende do método usado. É incrivelmente resistente a uma variedade de métodos de cura e de condições ambientais. Qualquer produto não aprovado de um país anfitrião representa um risco.

Em caso de PSA são graves as consequências à Austrália — Segundo os números, da indústria suinícola da Austrália vale US$ 5,3 bilhões, com 3.700 produtores que empregam 36.000 trabalhadores. "Dependendo da propagação de uma doença, você teria que novamente começar do zero", diz Margo Andrae, diretora executiva da Australian Pork (que representa a indústria suína local).  

Eagles alertou que o vírus se mostrou "excepcionalmente difícil de se controlar" na Ásia. O Rabobank, um banco multinacional holandês que financia o comércio agrícola, prevê que a China, até o final deste ano, perderá entre 20% e 70% de seu rebanho — cerca de 350 milhões de suínos, ou 25% do total do rebanho mundial. "É um vírus para o qual não há cura e não há vacina. Portanto, é um vírus muito difícil para que países infectados possam controlá-lo ou erradicá-lo", alerta ela. "A recente expansão da doença na Ásia certamente aumentou o risco para a Austrália". Caso a PSA entre, diz Andrae, a taxa de mortalidade será "enorme" e que "esse é um problema de saúde animal [nas regiões asiáticas afetadas] que não estamos dispostos a ter à nossa porta".

Como o vírus da PSA poderia ingressar na Austrália — O método mais eficiente de transmissão dessa doença é de suíno a suíno, geralmente através da troca de fluidos corporais. De longa data a Austrália proíbe a importação de suínos vivos; material genético; carne suína não cozida e materiais com potencial risco de disseminar PSA, febre aftosa e outras doenças típicas dos suínos. 

Os rigores da proibição australiana são fortemente aplicados: na Austrália ocidental, dois agricultores foram presos em agosto último por terem importado ilegalmente sêmen de suínos dinamarquês acondicionados em embalagens de xampu. Em dezembro de 2018, uma empresa de Brisbane foi multada em US$ 100.000 e seu diretor em US$ 20.000 pela importação de carne suína não cozida, considerada um risco na disseminação de PSA e de febre aftosa.

Como a regulamentação é rigorosa, isso significa que a maneira mais provável de a PSA ser introduzida na Austrália é através das importações ilegais de produtos derivados de suínos que escapem da fiscalização agropecuária e dos controles de biossegurança australianos, ou ilegais envios pelos correios ou pelos embarques não declarados nos aeroportos. 

Na Austrália, os passageiros que fornecerem informações falsas ou enganosas à fiscalização sobre itens que envolvam alto risco de biossegurança submetem-se a uma multa (aplicada no local) de US$ 420,00. 

Nos últimos seis meses, a fiscalização agropecuária australiana apreendeu 27 toneladas de produtos suínos ilegalmente importados. Se a Austrália permanecer livre da PSA, disse Andrae, isso "será uma propaganda mundial de [eficiência dos] seus protocolos de fiscalização agropecuária e biossegurança".

O resto de solo presente nos solados dos sapatos dos viajantes que caminharam em uma área agrícola no exterior é um outro risco de ingresso do vírus da PSA; isso ocorrem com turistas que não limparam adequadamente seus sapatos antes dos embarques nos aviões com destino à Austrália e que não declaram (no formulário de entrada) que haviam visitado uma área agrícola. A não declaração "pode otimizar 15 minutos de avanço pelo saguão de desembarque", disse Andrae, "mas também pode significar a morte de milhões de suínos". 

Segundo a reportagem do The Guardian, o vírus da PSA pode sobreviver por 36 dias sem um hospedeiro e indefinidamente em produtos derivados de suínos resfriados ou congelados. Porém, embalagens descartadas com restos de produtos derivados de suínos podem contribuir para a disseminação da PSA entre a população de porcos selvagens.

O outro risco potencial são os suínos de quintal alimentados com restos de carne ou outros alimentos. Essa prática é proibida na Austrália como prevenção para se evitar a disseminação de doenças entre os animais, mas ainda é praticada por alguns agricultores que criam suínos de quintal. "A indústria faz todas as coisas certas, faz esforços extras em biossegurança", diz Andrae. Mas turistas; pessoas que transportam ou enviam ilegalmente produtos derivados de suínos e pessoas que têm um ou dois porcos de estimação e que não fazem parte da indústria representam um risco, acrescenta Eagles.

O "risco para a Austrália é 'muito alto'", mas há confiança que ele pode ser contingenciado. "Embora certamente estejamos muito preocupados com a possível introdução desse vírus, temos planos [de contingenciamento] muito bons, tanto para o que fazemos para nos preparar quanto para controlá-la caso ele ingresse", disse Eagles.   

 

PSA na IndonésiaAté agora nenhuma confirmação oficial da OIE

Segundo notícia 11 Daerah di Sumut Positif Virus Demam Babi, Tak Menular ke Manusia do Sumut Pos de 30 de outubro de 2019, um total de 11 distritos da Província de Sumatra possuem testes laboratoriais positivos para o vírus da peste suína africana (PSA).

 

 

 

O chefe da Divisão de Saúde Animal e Pecuária da Sumatra, Mulkan Harahap, explicou que seu escritório já havia tomado medidas antecipadas prevendo a presença do vírus da PSA nessa província. 

Mulkan disse que o vírus da PSA é mais difícil de se lidar do que o vírus da gripe aviária. Como as camadas desse vírus são muito numerosas, não é como se lidar com a gripe aviária. "Então apelamos, quando um suíno morre, ele deve ser imediatamente enterrado, não o jogue no rio", disse Mulkan aos repórteres na última terça-feira (29/10).

Mulkan disse ainda que todos os distritos de Sumatra haviam sido alertadas através de uma circular sobre procedimentos operacionais padrão (POPs), para que suínos mortos fossem imediatamente enterrados. Este vírus, ele acrescentou, se dissemina há muito tempo. Mas em junho de 2018, ele entrou na China e depois se espalhou para o Vietnã e, finalmente, em Timor Leste.

Enquanto isso, até o momento, até 4.071 suínos de Sumatra morreram devido ao ataque do mortal do vírus. Mas, de acordo com Mulkan, até 29 de outubro passado, existem três versões dos dados referentes à população de suínos que já morreram. 

Enquanto isso, o chefe da Agência Agrícola de Quarentena Animal (Barantan), Anes Doni, através do WhatsApp, disse que os sintomas clínicos da PSA em suínos são diminuição do apetite, letargia, cianose (aparência azulada devido à falta de suprimento de oxigênio), coordenação do movimento (impressionante e até paralisado) ), hemorragia (sangramento) na pele, vômitos, diarreia com sangue e aborto (aborto espontâneo associado à febre de alta temperatura).

Anes disse que várias doenças podem ser um diagnóstico semelhantes à PSA, incluindo a peste suína clássica (PSC) e Vírus da Síndrome Reprodutiva e Respiratória Porcina (PRRSV). 

"Para se ter certeza apenas com o diagnóstico de laboratório (resultados dos testes de laboratório). Portanto, [ainda] não podemos ter certeza de que é a PSA a causa da morte em suínos, porque existem outras doenças que apresentam semelhantes sintomas".

Modificado em 4-11-2019 em 23:18 

 

___________

1 Não existe vacina viva ou atenuada capaz de prevenir a PSA, portanto, o controle do seu vírus depende da adoção de rigorosas práticas de biossegurança. Veja o Guia de Doenças para a PSA (em inglês) disponibilizado pelo The Pig Site.

No Brasil, vige a Instrução Normativa nº 11, de 10 de maio de 2016, do Ministério da Agricultura — ato que foi contestado pela Afisa-PR —, que autoriza "o ingresso no território nacional, dos produtos de origem animal destinados ao uso e ao consumo humano ou animal, classificados como não presumíveis veiculadores de doenças contagiosas". Ora, classificados como "não presumíveis"?

  

Matérias relacionadas:

8-11-2019 - Reuters & China reshapes global meat markets as swine fever rages [China is scouring the world for meat to replace the millions of pigs killed by African swine fever (ASF), boosting prices, business and profits for European and South American meatpackers as it re-shapes global markets for pork, beef and chicken]

 

 

3-11-2019 - Outbreak News Today & Indonesia: African swine fever reported in North Sumatra, according to media report [African swine fever has been reported in Indonesia, according to a Sumut Pos report (computer translated). The report states: A total of 11 districts / cities in North Sumatra Province tested positive for African swine fever (ASF) virus. The 11 regencies / cities include Dairi Regency, Humbang Hasundutan, Deliserdang, Medan, Karo, Toba Samosir, Serdang Bedagai, North Tapanuli, Central Tapanuli, South Tapanuli, and Samosir District. (...)]

1-11-2019 - The Pig Site & Experts predict swine fever could wipe out quarter of global pig herd [With the recent comments from the OIE on the severity of the ASF situation, a new report suggests that over 25 percent of the world's pig population will die from the disease]

31-10-2019 - The Guardian & Quarter of world's pig population 'to die due to African swine fever' [World Organisation for Animal Health warns spread of disease has inflamed worldwide crisis] 

31-10-2019 - Evening Standard & A quarter of the world's pigs expected to die from swine fever, scientist warn [A quarter of the world's pigs are expected to be wiped out by African swine fever, according to the World Organisation for Animal Health. Authorities are trying to get to grips with the fast-spreading disease that has already been detected in China, which rears half the world's supply of hogs. A sharp reduction in pig population could lead to food shortages, high pork prices and inflame a "world-wide crisis", said Mark Schipp, the organisation's president] 

 

 

30-10-2019 - Reuters & No country immune to risk of African swine fever spreading: OIE [African swine fever will spread further across Asia where it has devastated herds, and no country is immune from being hit by the deadly animal virus, the head of the World Organisation for Animal Health (OIE) said on Wednesday]

21-10-2019 - Pig Progress & What is the risk of ASFv smuggled into the USA? [Combined US-Spanish research explored what would be the risk of African Swine Fever virus being smuggled into the US in pork in air passenger luggage]

12-10-2019 - The Guardian & African swine fever: the deadly virus that has landed on Australia's doorstep [The deadly virus wreaking havoc in Asia has been detected in Timor-Leste, just 680km north of Darwin] 

6-10-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Vírus da PSA pode sobreviver viável após viagem transoceânica de 30 dias [Um estudo científico conduzido por pesquisadores veterinários norte-americanos investigou o possível risco de o vírus da peste suína africana (PSA) se disseminar através da importação de ingredientes vegetais utilizados na fabricação de ração para suínos]

 

 

4-10-2019 - Pig Progress & ASF can survive a 30-day transoceanic Voyage [African Swine Fever virus can survive a simulated 30-day transoceanic voyage in contaminated plant-based feed and ingredients, a new study shows]  

4-10-2019 - Pig Progress & ASF hits backyard farms hard in the Philippines [The sea has not been able to stop the march of African Swine Fever in Asia. In September 2019 the virus was also confirmed in the Philippines. What happened on the islands exactly and what are some of the longer-term perspectives?] 

26-9-2019 - The Pig Site & South Korea orders military to target wild boar to stop spread of ASF [South Korea has ordered hundreds of soldiers manning the demilitarised zone (DMZ) on its border with North Korea to track and capture wild boars in a bid to prevent the spread of African swine fever, military officials said]

25-9-2019 - The Pig Site & New swine fever cases continue to emerge in South Korea [African swine fever has been confirmed at another pig farm in Incheon followed by two suspected outbreaks in Ganghwa and Yeoncheon, which could bring the total number of confirmed cases in South Korea to eight]

19-9-2019 - Pig Progress & African Swine Fever confirmed on 2 farms in South Korea [African Swine Fever is continuing its march through Asia, as South Korea confirmed 2 farms infected with the virus, both in the province Gyeonggi-do in the north of the country]

16-9-2019 - Kansas State University & New study confirms possible danger of imported feed contaminated with African swine fever [A new study by Kansas State University provides more accurate half-life measurements that confirm the African swine fever virus can survive a simulated 30-day transoceanic voyage in contaminated plant-based feed and ingredients]

13-9-2019 - Pig Progress & ASF Philippines: Carcasses in river; more money released [Footage from the Philippines is showing pig carcasses are floating through the Marikina river, which running close to the affected with ASF and the capital Manila. In the meantime, the Philippine government is allocating millions of pesos to help fight the virus] 

11-9-2019 & The Pig Site & One year on from the first ASF outbreak, where is China's pork industry heading? [On 3 August 2018, the first case of African swine fever (ASF) was detected in Liaoning Province of north-eastern China. Over the past year, it has spread rapidly nationwide and up to the end of August 2019 a total of 156 separate outbreaks have been confirmed, covering 107 cities across 31 provinces. In other words, all provinces in mainland China, together with Hong Kong, have now reported instances of the virus]

9-9-2019 - Pig Progress & UPDATED: ASF in Philippines, outbreaks confirmed near Manila [The Philippines has confirmed that the dead pigs found in several farms near Manila indeed tested positive for African Swine Fever (ASF)]

6-9-2019 - Reuters & Vietnam culls 4.7 million pigs as African swine fever spreads

5-9-2019 - The Sofia Globe & African Swine Fever: 7400 farmers in Bulgaria apply for compensation

30-8-2019 - THe Pig Site & How could African swine fever enter the US? [Three possible pathways of entry have industry leaders concerned about African swine fever (ASF) entering the US] 

29-8-2019 - The Pig Site & China will release frozen pork from reserves to increase market supplies [China's commerce ministry said on Thursday it will release frozen pork, beef and mutton from state reserves in "due course" to increase the supply of meat in the market]

19-8-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & A PSA continua implacável na Ásia e na Europa Oriental [Na Ásia até 200 milhões de suínos poderão ser abatidos na China; segundo as Nações Unidas, cerca de 1.170.000 suínos já foram abatidos nesse país em um esforço para deter a disseminação da mortal peste suína africana (PSA)]

 

 

10-8-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) &  A PSA ameaça toda a indústria de suínos da Europa Oriental [A peste suína africana (PSA) não é uma "doença política"]

 

 

5-8-2019 - Pig Progress & ASF China: An underestimated crisis [As many as half of China’s breeding pigs have either died from African Swine Fever (ASF) or been slaughtered because of the spreading disease, Reuters reports, adding that according to insiders, this is twice as many as officially acknowledged]

2-8-2019 - The Star & Protecting Malaysia against African swine fever [It is just a hop and a skip across the border from Vietnam, Cambodia and Laos for this viral disease that kills pigs to enter our country and potentially destroy our local pork industry]

31-7-2019 - The Pig Site & Fifth pig herd in Bulgaria is hit by African swine fever [Bulgarian authorities announced today (31 July) that they would cull 17,000 pigs after detecting an outbreak of African swine fever at a breeding farm in the north of the country]

30-7-2019 - The Pig Site & Vietnamese student arrested for smuggling 10kg of ASF-infected pork into Japan [The exchange student was caught illegally carrying 10kg of fermented pork rolls which was confirmed to be infected with the African swine fever (ASF) virus]

30-7-2019 - World Organisation for Animal Health (OIE) & Boosting biosecurity and border measures to control African swine fever in Asia [Asia is facing a devastating and challenging situation after the emergence of African swine fever (ASF) in the region in 2018. Unless measures tailored to the region are implemented, the disease will continue to spread, threatening the livelihood and food security of millions of people. Given the situation, the World Organisation for Animal Health (OIE) and the Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO) convened the 2nd meeting of the GFTADs Standing Group of Experts on the disease for Asia in Tokyo, Japan on 30-31 July 2019. The meeting aims to develop recommendations on biosecurity and border controls that can help curb the spread of ASF and its devastating consequences]

29-7-2019 - Reuters & China's pig herd may shrink by 50% due to African swine fever: Rabobank

24-7-2019 - The Pig Site & Why African swine fever might create a boom in poultry production [This year might well go down as a landmark year in the global poultry and pig industries, for all the wrong reasons]

23-7-2019 - The Pig Site & Pork prices skyrocket and culls begin as ASF hits 17,000 head herd in Bulgaria [On Saturday (20 July) Bulgaria confirmed an outbreak of African swine fever at a breeding farm which housed 17,000 pigs]

20-7-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR)  & Reino Unido: um 'simples' surto de PSA poderá custar £ 85 milhões [No Reino Unido, sua fiscalização agropecuária e suas entidades classistas de suinocultores não querem ser mais realistas que o rei]

 

 

17-7-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & PSA na Letônia, Vietnã, Laos, Romênia, Camboja, Hungria, Ucrânia, China, Rússia, Bélgica, Polônia, África do Sul... [A peste suína africana (PSA) é uma questão de "sorte" e de tempo?]

 

 

12-7-2019 - The Pig Site & African swine fever one step closer to UK herd [Reports have been confirmed that illegal meat imports seized by authorities in Northern Ireland were contaminated with the African swine fever virus]

 

 

11-7-2019 - Gazeta do Povo & Peste suína na China impulsiona exportação de frango brasileiro 

 

 

5-7-2019 - The Pig Site & ASF confirmed in Bulgaria [According to Reuters, two cases of ASF have been identified in Bulgaria. The disease was identified in backyard pigs from Zhernov, a village in the northern part of the country. In response, the National Food Safety Agency will cull the pigs in Zhernov and establish a 3km quarantine zone around the village. Read more about this story here]

1-7-2019 - Reuters & Mortes de animais com gripe suína na China podem ser o dobro do número oficial [Até metade dos suínos reprodutores da China morreu de peste suína africana ou foi sacrificada devido à disseminação da doença, o dobro do que mostram os números oficiais, de acordo com estimativas de quatro fontes que abastecem grandes produtores]

30-6-2019 - Gazeta do Paraná & Chuva nos EUA e "medo de porco" na China dão impulso extra à economia do Paraná [(...) As exportações de carne de frango, por exemplo, aumentaram 12% de janeiro a maio no período, compensando parte das perdas de 29% da soja. O principal destino foi a China, que enfrenta uma grave crise de peste suína africana – com o receio do consumo de carne de porco contaminada, o país passou a demandar mais carne de frango (...)]

 

 

7-6-2019 - Pig Progress & How ASF was eradicated in the Czech Republic [Of all the European countries that detected outbreaks of African Swine Fever in recent years, the Czech Republic has been the only one to actually eradicate the virus again. Strict control measures, strict biosecurity and a coordinated approach played a part in the successful eradication of the virus. Here is how that went]

5-6-2019 - Pig Progess & ASF Poland: Virus hits farm of 8,000 pigs [The African Swine Fever (ASF) epidemic in Poland is far from over. This week, a commercial production facility having 8,012 pigs had to be depopulated due to the virus – most likely the largest farm so far to be hit by AS]

 

 

2-6-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Fiscalização agropecuária pública é fundamental e estratégica [E caso a peste suína africana (PSA) apareça por aqui? É preciso política pública de Estado (e não de governadores/comissionados de confiança que transitam governos) permanente e de longo prazo em favor da fiscalização agropecuária pública; é preciso o fim da desvalorização profissional e da sub remuneração na base da carreira própria em prejuízo do fiscal agropecuário do Paraná!]

 

 

1-6-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & China: como a PSA afeta o comércio global de proteína animal [Este ano, em decorrência da peste suína africana (PSA), a China tem menos 133.862 milhões de suínos]

30-5-2019 - PIG World & OIE says China faces long struggle to tackle African Swine Fever [The World Organisation for Animal Health (OIE) said it will take years for China to contain the deadly African swine fever virus that has spread throughout the country] 

28-5-2019 - Reuters & China faces long struggle to tackle African swine fever: OIE [It will take years for China to contain the deadly African swine fever virus that has spread throughout the country, which is the world’s biggest pork producer, the World Organization for Animal Health (OIE) said on Tuesday]

 

 

4-5-2019 - RT & Cómo la peste porcina de China pone en vilo los mercados globales [Las pérdidas del mayor productor y tercer mayor consumidor per cápita de carne de cerdo moverán los mercados y hasta influenciarán la geopolítica, sostiene un analista]

16-3-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Identificação do v-PSA: teste portátil foi testado com sucesso [Em 2007, a ARS/USDA solicitou que esse tipo de teste fosse empregado na Geórgia na detecção do v-PSA, embora nunca tivesse sido testado fora do laboratório; foi um sucesso, fornecendo resultados após 60 a 90 minutos das raspagens, em comparação com as várias horas demandadas nos ensaios convencionais de PCR - ASF-v ID: Portable test has been successfully tested & In 2007, the ARS/USDA requested that this type of test be employed in Georgia in detecting ASF-V-PSA, although it had never been tested outside the laboratory; was a success, providing results after 60 to 90 minutes of the raspagens, compared to the several hours demanded in conventional PCR assays]

 

 

23-2-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & PSA se espalha pela Ásia [Relatados os primeiros surtos de peste suína africana (PSA) no Vietnã & ASF spreads across Asia & Reported the first outbreaks of African swine fever (ASF) in Vietnam]

19-1-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & O que torna tão difícil erradicar a PSA? [Torna-se crucial incluir a ciência social ao planejar medidas de prevenção, controle ou erradicação da peste suína africana (PSA).  Considerando-se apenas suas particularidades biológicas, contagiosidade, tenacidade e taxa de letalidade, mas ignorando os aspectos humanos, sua atual epidemia de PSA não será controlada & What makes ASF so difficult to eradicate? & It´s crucial to include social science when planning measures to prevent, control or eradicate African Swine fever (ASF). Considering just their biological particularities, contagiosity, tenacity and lethality rate, but ignoring human aspects, their current ASF epidemic will not be controlled]

 

 

17-11-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & China: receia-se que o surto de PSA se transforme em epidemia [Carece de investimento o controle da epizoótica peste suína africana (PSA): "A trágica ironia da alocação de investimento para o controle de doenças zoonóticas é que a PSA, eventualmente, poderá causar tanto impacto sobre uma fonte de proteína vital na cadeia alimentar para bilhões de pessoas quanto poderia causar uma epidemia humana"]

7-9-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Opinião da Direx: peste suína africana (PSA) fora de controle? [Com o aumento da velocidade da batalha global contra a PSA, setores da iniciativa privada vinculados aos negócios da agropecuária e os governos de passagem pelo poder não deveriam contar apenas com a sorte... & Opinion of Direx: African swine fever (PSA) out of control? & With the speeding up of the global battle against ASF, sectors of the private initiative linked to the agribusiness business and the governments of passage by the power shouldn't rely on luck...]