Afisa-PR

Identificação do v-PSA: teste portátil foi testado com sucesso

Em 2007, a ARS/USDA solicitou que esse tipo de teste fosse empregado na Geórgia na detecção do v-PSA, embora nunca tivesse sido testado fora do laboratório; foi um sucesso, fornecendo resultados após 60 a 90 minutos das raspagens, em comparação com as várias horas demandadas nos ensaios convencionais de PCR

ASF-v ID: Portable test has been successfully tested & In 2007, the ARS/USDA requested that this type of test be employed in Georgia in detecting ASF-V-PSA, although it had never been tested outside the laboratory; was a success, providing results after 60 to 90 minutes of the raspagens, compared to the several hours demanded in conventional PCR assays

 

PSA Russia The Guardian

Carcaças de suínos infectadas com a PSA depois de abatidas em uma criação na Rússia, em 2009.

Crédito imagem: Eduard Korniyenko/Reuters (publicada no The Guardian)

 

Com base na notícia Rapid ASF field diagnosis put to the test in Uganda (por Treena Hein) do Pig Progress de 13 de março de 2019, uma ferramenta de identificação por reação em cadeia da polimerase (PCR, siga em inglês) para o DNA viral da peste suína africana (PSA), criada pela Tetracore dos EUA, foi testada com sucesso em Uganda, e no futuro poderá ser empregado em outras áreas do mundo quando e onde as regulamentações legais assim o permitir.

Os estudos de campo realizados em Uganda mostraram resultados bem-sucedidos que foram recentemente publicados na revista Transboundary and Emerging Diseases por uma equipe que inclui cientistas do National Veterinary Institute na Suécia, do National Animal Disease Diagnostics and Epidemiology Centre (NADDEC) de Uganda e da própria Tetracore.

  

 

Identificação do v-PSA: teste portátil foi lançado em 2016

A Tetracore projetou sua primeira versão em 2000, cuja versão atualizada como plataforma portátil foi experimentada em 2016, informou Johnny Callahan, seu gerente de desenvolvimento de negócios de diagnósticos veterinários. A versão atualizada do teste foi melhorada para permitir que a tecnologia conheça a sequência de DNA dos 24 subtipos conhecidos do vírus da PSA

"Em Uganda, os resultados publicados de nossos testes mostraram uma concordância de 96% com os resultados realizados com o método de referência padrão, embora isso não tenha sido explicitamente declarado no artigo. Além disso, nosso limiar médio foi significativamente menor do que o método de referência padrão o que, comparativamente, poderia indicar uma melhor detecção do teste da Tetracore", disse Callahan.

Embora o teste portável não seja legalmente permitido nos EUA e em outros países, Callahan sustenta: "Eu pude presenciar um cenário potencial em que as autoridades veterinárias da China e do Sudeste Asiático poderiam utilizar a tecnologia de teste portátil de campo, e levá-la para onde fosse necessário para identificar mais rapidamente o vírus da PSA".

 

A tecnologia "avança mais rápido que a política"

Callahan disse que há tempos observou que a tecnologia avança mais rápido que a política. "Agora há a tecnologia, mas os testes para detecção de doenças estrangeiras de animais como o v-PSA é altamente controlado e regulado. Há uma boa razão para isso, em que as consequências de um resultado falso podem ser catastróficas, seja no caso de um resultado falso positivo ou falso negativo. Dito isso, nosso teste está atualmente sendo submetido a estudos adicionais de validação em colaboração com vários colaboradores, enquanto buscamos licenciá-lo no Departamento de Agricultura dos Estados Unidos [U. S. Department of Agriculture (USDA)]".

Em 2004, cientistas da Tetracore em colaboração com os do Serviço de Pesquisa Agrícola [Agricultural Research Service (ARS)] do USDA, mostraram que seu teste portátil de PCR poderia realizar o diagnóstico pré-clínico de PSA; o teste detectou DNA viral em raspagens de amígdalas de suínos vários dias antes do início das manifestações clínicas dessa doença. Em 2007, o ARS/USDA solicitou que esse tipo de teste fosse empregado na Geórgia (que faz fronteira com a Rússia, a Turquia e alguns outros países) na detecção do v-PSA, embora nunca tivesse sido testado fora do laboratório. Foi um sucesso, fornecendo resultados após 60 a 90 minutos das raspagens, em comparação com as várias horas demandadas nos ensaios convencionais de PCR.

 

PSA: indústria de suínos belga está financeiramente quase arruinada

Segundo a notícia ASF Belgium: Financial troubles for swine farmers (por Anne-Marie van der Linde) do Pig Progress de 20 de março de 201, como resultado do surto de peste suína africana, a indústria de suínos belga está financeiramente quase arruinada. O país tem uma taxa de autossuficiência de 225% e, portanto, é fortemente dependente das exportações. Cerca de 80% das exportações permanecerão dentro da União Europeia (UE), sendo a Alemanha, a Polônia e os Países Baixos os maiores parceiros comerciais da Bélgica. Como consequência da PSA, no entanto, o comércio com países terceiros (fora da UE) praticamente desapareceu.

 

 

As exportações para os Países Baixos e a Alemanha, no entanto, também são influenciadas, uma vez que os compradores de frigoríficos holandeses e alemães querem frequentemente confirmar por escrito que a carne suína não provém da Bélgica. Esta limitação de exportação resulta que os frigoríficos não desejam pagar mais pelos suínos criados na Bélgica.

A situação está ficando difícil para muitos produtores belgas de suínos. Tanto na associação dos agricultores (Belgian Farmers Association) quanto no sindicato de fazendeiros (Algemeen Boerensyndicaat), cada vez mais se conhece os nomes das fazendas de suínos que entraram em um contrato de crédito com sua empresa de rações, já que não são mais capazes de pagar suas contas. Depende da relação entre a fábrica de ração e a fazenda de criação de suínos o tempo que ainda se pode continuar criando suínos na Bélgica.

 

 

PSA: fiscalização agropecuária da China aperta controle sobre frigoríficos

Com base na notícia ASF China: Slaughterhouse controls are tightened (por Vincent ter Beek) do Pig Progress de 25 de março de 2019, as autoridades chinesas de fiscalização agropecuária divulgaram novas orientações para os frigoríficos que intensificam a detecção da peste suína africana (PSA) nas carcaças dos suínos abatidos.

O Ministry of Agriculture and Rural Affairs (MARA) da China divulgou recentemente o aviso 'Fortalecendo a detecção da PSA durante o abate', visto que efetivamente reconheceu que a detecção do vírus dessa doença durante o processo de abate é um meio efetivo de eliminar sua transmissão. A tarefa para esses frigoríficos será inspecionar as carcaças aplicando o teste de PCR.

As autoridades veterinárias locais orientarão os laboratórios dos matadouros que atendem aos requisitos técnicos para testes de PCR, para fornecimento de reagentes e treinamento de técnicos. Será dada atenção, por exemplo, ao pré-teste de amostras de sangue, à detecção de lesões típicas da PSA, à interrupção imediata da produção quando esta doença for detectada, à notificação de surtos e à obtenção de indenização pelos lotes perdidos. As novas diretrizes também indicam claramente o que acontecerá em caso de fraude.

Antes de 1º de julho, todos os frigoríficos serão fiscalizados do âmbito das províncias chinesas. Caso o frigorífico não cumpra os padrões solicitados, sua qualificação poderá ser retirada escreveu o MARA. 

 

  

Vietnã afirma que obteve sucesso com vacina antiv-PSA

Segundo a notícia ASF Vietnam: Vaccine tested; China promoting large farms (por Vincent ter Beek) do Pig Progress de 3 de julho de 2019, o Vietnã afirma que obteve sucesso com a criação de uma vacina antivírus da peste suína africana (PSA).

A agência de notícias Reuters informou sobre a novidade, que foi compartilhada pelo ministro da agricultura do Vietnã, Nguyen Xuan Cuong. De acordo com a Agência de Notícias do Vietnã (VNA), Cuong afirmou: "Eu acho que estamos no caminho certo, e em breve teremos uma [contra a PSA] vacina".

De acordo com uma reportagem da televisão estatal (VTV) desse país asiático, a vacina é desenvolvida na Universidade Nacional de Agricultura do Vietnã (Vietnam National University of Agriculture) e foi testada em seu laboratório e em três fazendas de suínos no norte do Vietnã.

31 porcos ainda estavam saudáveis ​​após receberem a vacina contra a ASF — Nos testes iniciais, 31 dos 33 suínos injetados com a vacina teste ainda estavam saudáveis ​​depois de receber duas vacinações durante período que levou meses de observação, de acordo com a reportagem da VTV. Outros suínos das criações afetadas morreram devido ao vírus da PSA, segundo a VTV. Nenhum detalhe adicional foi dado sobre essa vacina ou sobe seus ensaios.

 

 

É possível desenvolver uma vacina contra a PSA?

Segundo a notícia How close are we to developing a vaccine for African swine fever? do The Pig Site de 15 de julho de 2019, este portal dedicado à suinocultura conversou com a chefe do grupo de peste suína africana (PSA) do The Pirbright Institutes sobre o árduo trabalho de desenvolver uma vacina que protegesse de um inimigo mortal o rebanho mundial de suínos.

Com base em recentes alegações vindas da China e do Vietnã de que uma vacina contra a PSA tinha sido descoberta, o The Pig Site conversou com a chefe do grupo de PSA no Instituto Pirbright, Linda Dixon, sobre os fatos por trás dessa alegação e sobre o pioneirismo da pesquisa em andamento para o desenvolvimento de uma vacina que irá salvar a vida de bilhões de suínos.

No início de junho de 2019, surgiram relatos da China de que a operadora de shopping centers Guangdong Highsun Group Co. anunciou que está apoiando o desenvolvimento de uma vacina contra a PSA. Esta operadora disse que em 2018 gastará 26% de seus ativos líquidos em pesquisas de apoio a um composto natural que a supostamente previne a PSA.

 

 

Porém, muitos especialistas ficaram céticos quanto à pesquisa por trás do desenvolvimento dessa vacina, e com razão. Posteriormente, o Ministério da Agricultura da China divulgou uma declaração de que o Guangdong Highsun Group não recebeu um pedido de pesquisa e que sem dados experimentais, a alegação de que uma injeção de polissacarídeo é eficaz na prevenção do vírus da PSA carecia de  provas científicas.

Dixon concordou com o Ministério da Agricultura chinês em que não há evidências embasadas em uma base científica para as alegações feitas pelo o Guangdong Highsun Group. Esclarecida a situação, não seria a primeira vez que antivirais foram usados ​​para combater uma doença altamente virulenta.

Segundo a notícia, o Instituto Pirbright tem o seu próprio grupo de PSA "que certamente está fazendo progressos em sua pesquisa de vacinas contra a PSA".

Dixon informou:

 

a) "Antivirais podem desempenhar um papel na redução da replicação do vírus e, portanto, abrandar ou impedir a propagação dessa doença";

b) "A prova de conceito para esta abordagem foi obtida por uma empresa antiviral, ViroVet, para o vírus da peste suína clássica";

c) "O Instituto Pirbright trabalha com a ViroVet a fim de investigar mais detalhadamente os antivirais que eles caracterizaram para a ASF.";

d) "Conduzimos pesquisas para apoiar o desenvolvimento de vacinas, melhorando a compreensão de como o vírus evita as defesas dos hospedeiros, especialmente a principal resposta antiviral tipo I interferon";

e) "Este conhecimento foi aplicado ao desenvolvimento de vacinas de vírus da peste suína africana atenuada por gene, que foram eliminados";

f) "Mostramos que a exclusão de vários genes inibidores de interferon pode produzir um vírus que não causa a PSA, mas induz uma resposta imune que protege os suínos da doença causada pelo mortal vírus. Ajustamos essas exclusões para alcançar os necessários padrões de segurança e eficácia para o desenvolvimento comercial da vacina";

g) "Identificamos genes que podem ser deletados que poderiam ser usados ​​para um teste de diagnóstico complementar para distinguir o teste de animais infectados daqueles que foram vacinados (DIVA, sigla em inglês). Este teste será usado para monitorar a vacinação e confirmar a erradicação da PSA";

h) "Nossa segunda abordagem para o desenvolvimento de uma vacina contra a PSA envolve a identificação de 170 genes do vírus que codificam proteínas imunogênicas e que podem induzir uma resposta celular ou de anticorpos. Esse procedimento é levado adiante para o desenvolvimento de vacinas através da entrega de pools de genes em vetores de vírus seguros para suínos e determinação de quais pools podem induzir uma resposta imune que protege os suínos contra o mortal vírus" e

i) "Tentamos entender quais mecanismos imunológicos se correlacionam com a proteção induzida — os tipos de respostas celulares e de anticorpos que são importantes. Realizamos duas telas diferentes para proteínas imunogênicas, uma foi publicada em 2018 e a outra publicada este mês."

 

Outros pesquisadores na Espanha também têm trabalhado no DNA do vírus da PSA, e recentes estudos mostram que um isolado do v-PSA naturalmente atenuado em um javali na Letônia pode induzir proteção tanto em porcos como javalis, o que sugere que este poderia ser um potencial candidato à vacina. Pesquisas comercialmente relevantes são protegidas por patente antes das publicações, por isso alguns relatórios estão atrasados ​​sobre este assunto, disse Dixon.

Várias instituições agora fazem parte de uma corrida para livrar o rebanho global de suínos de uma das mais contagiosas doenças, mas muitos não foram bem-sucedidos.

No Vietnã, no início deste mês (2 de julho), a sua Agência de Notícias e a sua TV informaram sobre o progresso de pesquisadores da Universidade Nacional da Agricultura desse país "no desenvolvimento de uma vacina bem-sucedida". Mais uma vez, os especialistas têm sido céticos em relação à alegação em questão. O diretor dessa universidade, Nguyen Thi Lan, admitiu posteriormente que tal vacina "ainda requer mais desenvolvimento e testes em uma maior escala".

Segundo a notícia, "a corrida para erradicar a peste suína africana (PSA) continua".

Modificado em 22-7-2019 em 23:56

 

Matérias relacionadas:

19-8-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) &  A PSA continua implacável na Ásia e na Europa Oriental [Na Ásia até 200 milhões de suínos poderão ser abatidos na China; segundo as Nações Unidas, cerca de 1.170.000 suínos já foram abatidos nesse país em um esforço para deter a disseminação da mortal peste suína africana (PSA)]

 

 

3-7-2019 - Pig Progress & ASF Vietnam: Vaccine tested; China promoting large farms [Vietnam said it has had initial success in creating a vaccine to fight African Swine Fever (ASF)]

1-6-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & China: como a PSA afeta o comércio global de proteína animal [Este ano, em decorrência da peste suína africana (PSA), a China tem menos 133.862 milhões de suínos]

 

 

30-5-2019 - PIG World & OIE says China faces long struggle to tackle African Swine Fever [The World Organisation for Animal Health (OIE) said it will take years for China to contain the deadly African swine fever virus that has spread throughout the country] 

28-5-2019 - Reuters & China faces long struggle to tackle African swine fever: OIE [It will take years for China to contain the deadly African swine fever virus that has spread throughout the country, which is the world’s biggest pork producer, the World Organization for Animal Health (OIE) said on Tuesday]

 

 

25-3-2019 - Pig Progress & ASF China: Slaughterhouse controls are tightened [The Chinese authorities have released new guidelines for slaughterhouses to step up its actions to detect African Swine Fever (ASF) infection in carcasses]

22-3-2019 - Food And Agriculture Organization of the United Nations/Agriculture and Consumer Protection Department/Animal Production and Health & ASF situation in Asia update [The next updade will be issued in 29 de March 2019]

 

 

20-3-2019 - Pig Progress & ASF Belgium: Financial troubles for swine farmers [Despite the fact that the outbreaks of African Swine Fever have been restricted to wild boar, Belgian exports have halved. The price drop is putting a heavy burden on local swine producers and there doesn’t seem much room for a quick improvement]

18-3-2019 - CTV News & U.S. officials seize 1 million pounds of pork amid virus concerns [Federal authorities say 1 million pounds (0.45 million kilograms) of pork products allegedly smuggled from China have been seized at a New Jersey port. Troy Miller, field operations director for the Customs and Border Protection in New York and New Jersey, says it's the largest agricultural seizure ever made in the United States. Officials feared the meat could be contaminated with African swine fever virus, which has killed more than a million pigs in China. It's not dangerous to humans, but officials say an outbreak in America could cause $10 billion in damage to the pork industry in just one year]

 

 

13-3-2019 - Successfull Farming (SF) & Why you can't believe what China says about african swine fever [A week in China shows Iowa farmers that the country's agriculture is struggling]

 

 

4-3-2019 - Pig Progress & What 1 pig can tell about ASF in China [The situation of African Swine Fever (ASF) in China appears out of control. Continental Asia will have to get used to the fact that the virus will be around for much longer. Pig Progress editor Vincent ter Beek explains why and discusses the longer-term consequences]

4-3-2019 - Pig Progress & ASF Vietnam: 22 new villages reported infected [Vietnam has reported that 22 additional villages have reported the occurrence of African Swine Fever (ASF)]

28-2-2019 - Pig Progress & Czechia officially free from African Swine Fever [Czechia is the 1st country in the EU to be officially declared free from African Swine Fever (ASF) after it was infected in recent years. As no outbreak has been found in Czechia since April 2018, the country received the support of the EU member states to lift all restrictions in the country]

23-2-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & PSA se espalha pela Ásia [Relatados os primeiros surtos de peste suína africana (PSA) no Vietnã & ASF spreads across Asia & Reported the first outbreaks of African swine fever (ASF) in Vietnam]

 

 

21-2-2019 - Pig World & Vietnam confirms first cases of African swine fever [Vietnam has announced its first cases of African swine fever (ASF), with eight outbreaks reported in two northern provinces, bordering China. The Vietnamese Ministry of Agriculture and Rural Development (MARD) Animal Health Department confirmed on Tuesday that ASF has been detected in Hung Yen and Thai Binh, southeast of the capital city of Hanoi and approximately 100 miles (160 km) from the Chinese border]

 

 

20-2-2019 - Pig Progress & ASF Vietnam: 1st outbreaks on farms near Hanoi [While it was expected, the eventual news still came as a shock: Vietnam has reported its 1st cases of African Swine Fever (ASF)]

 

 

19-2-2019 - Reuters & Vietnam confirms first African swine fever cases on three farms [African swine fever has been detected on three farms in Vietnam, authorities said on Tuesday, the first confirmed cases of the highly contagious disease in the Southeast Asia country]

9-2-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Japão: a alarmante escalada da PSC ["Estamos diante de uma situação extremamente séria", disse em Tóquio o ministro da Agricultura do Japão, Takamori Yoshikawa, diante da alarmante escalada da peste suína clássica (PSC) & Japan: The alarming escalation of the CSF & "We are facing an extremely serious situation," Japan Minister of Agriculture Takamori Yoshikawa said in Tokyo in the face of the alarming escalation of classical swine fever (CSF)]

 

 

19-1-2019 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & O que torna tão difícil erradicar a PSA? [Torna-se crucial incluir a ciência social ao planejar medidas de prevenção, controle ou erradicação da peste suína africana (PSA).  Considerando-se apenas suas particularidades biológicas, contagiosidade, tenacidade e taxa de letalidade, mas ignorando os aspectos humanos, sua atual epidemia de PSA não será controlada & What makes ASF so difficult to eradicate? & It´s crucial to include social science when planning measures to prevent, control or eradicate African Swine fever (ASF). Considering just their biological particularities, contagiosity, tenacity and lethality rate, but ignoring human aspects, their current ASF epidemic will not be controlled]

 

 

17-11-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & China: receia-se que o surto de PSA se transforme em epidemia [Carece de investimento o controle da epizoótica peste suína africana (PSA): "A trágica ironia da alocação de investimento para o controle de doenças zoonóticas é que a PSA, eventualmente, poderá causar tanto impacto sobre uma fonte de proteína vital na cadeia alimentar para bilhões de pessoas quanto poderia causar uma epidemia humana"]

7-9-2018 - Associação dos Fiscais da Defesa Agropecuária do Estado do Paraná (Afisa-PR) & Opinião da Direx: peste suína africana (PSA) fora de controle? [Com o aumento da velocidade da batalha global contra a PSA, setores da iniciativa privada vinculados aos negócios da agropecuária e os governos de passagem pelo poder não deveriam contar apenas com a sorte... & Opinion of Direx: African swine fever (PSA) out of control? & With the speeding up of the global battle against ASF, sectors of the private initiative linked to the agribusiness business and the governments of passage by the power shouldn't rely on luck...]